Medo de voar, sofrimentos da vida e um bebê chamado Josh (Joshua)

PARTE 1 – O MEDO DE VOAR

Taquicardia, falta de ar, muita tontura, boca seca, sensação de morte iminente. Foi o que senti na primeira viagem que fiz com o João pra fora do Brasil. Eu já tinha viajado outras vezes, mas foi dessa vez que experimentei a primeira crise de pânico, numa turbulência fora do comum.

A partir daí, cada vez que qualquer viagem se aproximava, eu tinha crises de choro e uma ansiedade tomava conta de mim. Por mais que eu lutasse dizendo “está tudo bem”, meu corpo respondia com pesadelos, insônia… mal-estar…

Mesmo assim, eu ia. Mas voltava como quem tinha sofrido numa guerra.

Desistir, porém, significava que eu não veria mais minha família, amigos e nem os do João. Eu me entregaria ao medo e à culpa e isso eu não poderia aguentar. Moramos longe, viajar faz parte da nossa vida. Escutava muito da minha mãe: SEJA FORTE E CORAJOSA, minha filha.

Por anos, orei para que Deus me curasse, procurei terapias, fiz várias leituras…. eu achava que nada estava acontecendo… até que uma noite eu tive uma visão.

Era como se eu conseguisse enxergar dentro do meu cérebro, via como se cargas elétricas percorressem meus neurônios com imagens, numa velocidade tão grande que não conseguia decifrar. E eu escutei: “Estou mudando suas memórias, mas é aos pouquinhos”.

Comecei a perceber esses “pouquinhos”.

 

PARTE 2 – DEUS E OS SOFRIMENTOS DESSA VIDA

 

Passou um tempo, Deus começou a ministrar ao meu coração passagens na bíblia sobre a permissão do sofrimento… Quero compartilhar algumas:

Lucas 22:31-32 ”Simão, Simão, Satanás pediu vocês para peneirá-los como trigo. Mas eu orei por você, para que a sua fé não desfaleça.”

Sabe, se fosse comigo eu esperava que Jesus falasse: “Satanás pediu, mas EU NUM DEIXEI, Pedro, Deusmelivre acontecer algo com você!”. Mas o que Jesus orou foi para que ele ficasse firme em fé.

Em Atos 4:29, depois dos apóstolos serem ameaçados porque anunciavam a palavra de Deus, eles oraram assim: “Agora, Senhor, considera as ameaças deles e capacita os teus servos para anunciarem a tua palavra corajosamente.”

Gente, eu estaria me pelando de medo, dizendo: Senhor, socorrooooo, peloamodeDeus me ajuda, me livra dessa cambada que quer me matar!! E talvez fugiria pra algum lugar beem distante.

As passagens não pararam por aí. Em apocalipse 2:8-11 com tribulações de 10 dias, em Jó que Deus permitiu doença etc… Até que me deparei com essa em Romanos 8:

“Quem nos separará do amor de Cristo? Será a tribulação, ou ansiedade, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?”

“Portanto, estou seguro de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes, nem altura nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos afastar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

PERAÍ. Paulo não estava dizendo que se ele estivesse atribulado, por ex, Deus ia pensar assim: “Aff, não amo mais Paulo!” E separar seu amor. Não. O que Paulo ele não deixaria de se sentir amado por NADA nesse mundo.

E eu, na menor turbulência achava que Ele não me amava mais. E a angústia de não se sentir amada me corroía.

Comecei a entender que Deus NÃO ESTÁ DE BRINCADEIRA CONOSCO. Ele se importa sim, mas Ele não quer simplesmente nos fazer viver um mar de rosas. O plano Dele é salvar nossa alma no sofrimento e assim experimentarmos o Seu Poder. Poder que nos fará viver bem independente das circunstâncias.

Foi como Pedro, que era medroso (negou Jesus 3x),  transformou-se em alguém cheio de fé para anunciar o evangelho. E os apóstolos que oraram pra enfrentar as perseguições. Por meio da fé e do Poder de Jesus, Paulo disse que as tribulações desse mundo não pode se comparar com a glória (alegria) que está por vir e que podemos passar todas as coisas naquele que nos fortalece.

Esses homens, pelo poder de Deus, foram FORTES E CORAJOSOS. Assim como minha mãe disse pra eu ser.

Então, enchi meu coração de esperança e mudei minha oração de “Senhor, me livra” para “Deus, me dá fé para enfrentar tudo corajosamente”. E assim foi.

 

PARTE 3 – O AMOR DE DEUS E UM BEBÊ CHAMADO JOSH

 

Viajamos. Vôo de 10h, bem tranquilo. Lá pelo final, eu já muito cansada, orei para que o Senhor me livrasse de turbulência. (Elas eram o gatilho que faziam surgir a crise de pânico). Quase que audivelmente ouvi assim:

“Daqui 1 min, virá uma turbulência forte, saiba, porém, que eu te amo nela”. Dito e feito. Mas pela primeira vez, eu me senti amada enquanto aquele avião chacoalhava minha cabeça e meu copo d’agua.

Enquanto isso, Deus ministrava ao coração do João a meu respeito. Ele falou que eu era como o povo que seguia Josué nas batalhas entrando na terra prometida. Deus não permitia que toda terra fosse conquistada de uma só vez para que os animais não a dominassem. E assim era eu: vencendo as batalhas aos pouquinhos (quase sem perceber), saindo machucada de algumas, mas prosseguindo com Jesus.

[ Josué (Joshua em inglês) possui o mesmo significado (etimologicamente) de Jesus (Yeshua). Ele foi um símbolo do Messias,  levando o povo à conquista da terra prometida. Joshua e Yeshua significam “Deus é a salvação”].

Lembro que olhei pro João e falei: “viu? Joshua é um nome bonito”. Ele não gostava antes desse nome, mas nesse dia ele concordou.

Então, fui ler Joshua: “Be strong and courageous” (Seja FORTE E CORAJOSO). A mesma palavra que minha mãe falava e que Deus falou sobre os apóstolos.

Olha, não posso dizer que estou totalmente curada, que amo viajar, embora não seja tão assustador como antes. Mas o que eu posso dizer é que o Senhor está salvando minha alma nas dificuldades. Tenho me sentido amada. E isso mudou TUDO.

Foi nesse contexto de “FORTE E CORAJOSO” e “SALVAÇÃO DA ALMA” que nosso menino veio. Engravidei assim que cheguei dessa viagem, do mesmo jeito que o João falou que ia acontecer.

O Josh nos lembrará todos os dias dessa história, propagando a esse mundo que há um Deus que não está de brincadeira conosco, que nos ama e deseja nos salvar no sofrimento, para que experimentemos o Seu Poder. Isso é possível.  Sim, esse Deus é Jesus. 💛

Post em

    1. Oi, flor! Seja muito bem vinda nesse espacinho aqui. Fico tão feliz em ler comentários assim, muito obrigada! Deus te abençoe :*

  1. Ahh que maravilhoso ensinamento!!! Foi muito bom ler esse texto!
    Parabéns pelo Josh, que ele venha com muita saúde e felicidade a vcs!

  2. Deus é maravilhoso, Pri!
    Que o seu pequeno Josh seja imensamente abençoado, e que o voo de vocês seja sempre para caminhos mais altos e abençoados. Um beijão

  3. Amigaaaaaaaa 💟 Aleluia , Glóriaaaaaa a Deus, eu tô tão feliz por vocês , que texto , que experiência , que momento maravilhoso , Deus é Lindo e nos prova o seu amor nos mínimos detalhes , titia já ama o Joshua e já profétizo o vôo abençoado que vocês TERÃO vindo nos conhecer 😂🤗 vemmmm cuidaaaaaa amigaaaaa 💞 orando por vocês , num esquece de orar por nós viu 😂

  4. Que lindo, Pri! Suas publicações sempre tão cheias de ensinamentos, tão cheias de Deus! Obrigada por todas essas lições! Parabéns pelo bebê.. que venha com muita saúde e que o Senhor abençoe ainda mais sua família.

Seu comentário é muito importante aqui :)